quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Quando o amor acontece...

Pensei em escrever algo pensando em você. Mas agora vejo que falar de você, é como falar de mim.

Eu sempre fui comedida com meus sentimentos em relacionamentos anteriores. Sempre muito racional, um dos motivos por não ter chegado ao altar até hoje. Mas o principal motivo que me manteve sozinha, em uma jornada de auto-conhecimento incrível, foi você. O caminho que percorri, cada pessoa que fez parte dele, contribuiu para que hoje eu pudesse me sentir completa o bastante para poder somar na sua vida.

Lembro-me muito bem do nosso primeiro jantar e meu medo absurdo de você ser alguém que tirasse a paz que conquistei ao longo de 3 anos sozinha. Nessas horas é crucial um empurrãozinho, e eu tive. Serei eternamente grata a quem me motivou a não ficar em casa debaixo das cobertas, Sim! Estava um frio nível Guarapuava naquela noite. Mesmo assim, motivei-me e fui. Desci trêmula, pensando que talvez tivesse vestida inadequadamente pra você: horas me achava vulgar, horas achava que deveria mostrar alguma coisinha pra te instigar. Ficava pensando em como deveria agir, o que falar e se deveria falar, talvez fosse melhor ouvir. No final, conclui que o melhor seria agir naturalmente, ser eu mesma e não me preocupar com suas conclusões iniciais, não podia controlar isso e nem devia. E quando se trata de algo que não posso controlar, o coração vai a mil, e isso era só o começo.

Por fim te encontrei, você estava perfeitamente bem arrumado e perfumado, tratou-me de forma doce e gentil, como nunca tinham me tratado antes, e quando olhei suas mãos, ví que estavam tão trêmulas quanto as minhas. Foi o início de uma troca de energias boas e a retirada de energias ruins do passado, foi o início de quebras de barreiras e muros que eu havia construído dentro de mim,  foi a prova de que amor a primeira vista existe sim e quando acontece é mágico, o universo conspira e se encarrega de tudo: não vimos o tempo passar, conversamos ao som das músicas mais românticas do mundo e nos beijamos ao som de violinos. Romantismo não programado, sequer imaginado por nenhum de nós dois. Não escolhemos aquele restaurante com quartetos de cordas e decoração de bexiga de corações. A vida nos colocou lá e dessa noite em diante, nunca mais imaginamos nossas vidas sem o outro. 

Hoje, tenho a certeza de que tudo que vivemos nos trouxe até aqui. Nossa bagagem nos aprimorou pra sermos tudo o que sempre sonhamos um pro outro e isso não nos incomoda, temos histórias, não somos os primeiros na vida um do outro, mas tudo que desejamos hoje é que sejamos os últimos. Você foi capaz de transformar a minha vida em uma semana, capaz de me fazer desejar coisas que já tinha riscado completamente da minha vida (isso inclui ser mamãe) e percebo que amor de verdade é sinônimo de paz, segurança, cuidado e respeito.

Vinícius, em um de seus sonetos mais conhecidos, foi capaz de resumir o que penso e desejo hoje, com algumas adaptações:

"(...)

Que não seja imortal, posto que é chama

Mas que seja infinito enquanto dure."


Que seja eterno e infinito enquanto isso nos fizer felizes e tudo que eu quero é ser pra sempre feliz ao seu lado e contribuir pra sua felicidade plena. 

P.S.: Eu vou ficar caduca, você já sabe. Por isso a importância desse blog embolorado e as mocas.

14 comentários:

Bruno Eduardo Gonçalves de Castro disse...

Meu amor, foi maravilhoso nosso primeiro encontro, um dia gelado em SP, um restaurante lotado, uma caminhada, um restaurante inusitado, uma boa conversa ao som de lindas musicas, um bom vinho, um sentimento de paz, harmonia, sentimento de ter encontrado nossa cara metade, o carinho em nossas mãos dadas, um beijo de cinema, um sentimento de plenitude....foi tudo tão pleno e maravilhoso, aliás tem sido tudo tão maravilhoso e tenho certeza que nosso amor só cresce e ira continuar assim sempre.
Te amo meu amor.

Leila Kelly de Oliveira disse...

Vc é maravilhoso! Já vivemos tantas coisas juntos, já fizemos tantas coisas... Tenho certeza se que faremos muito mais e que nosso amor ultrapassará fronteiras inimagináveis. Amo você mais e mais.

Anônimo disse...

Querida Leila,

Me dei o trabalho de vir até aqui para saber se seus ataques se resumem ao meu e-mail pessoal e profissional (desconheço como descobriu ambos), e vi uma frase que me fez rir muito:

“Por fim te encontrei, você estava perfeitamente bem arrumado e perfumado”

Não duvido, pois não sei se vc sabe, o guarda-roupa dele fui em quem montou kkkkkkkkk Dei a ele nada menos que 11 bermudas, 2 camisas caríssimas – uma cinza escura da Calvin Klein que ele usa pra te levar pra jantar e uma outra da VR que custou 300 reais –, uma gravata tb da VR de 200 reais, um mocassim vinho da Viv Leroá, 1 camiseta rosa que eu trouxe da Bélgica e que ele usou no passeiozinho que fizeram pela Paulista, 1 camiseta listrada cinza e rosa, 1 camiseta verde que eu tb já vi ele usando com vc, fora as camisetas e os 2 cintos da Scania que eu COMPREI (não é brinde), 2 perfumes importados (Allure Sport e Calvin Klein Euforia que nem era pra ser presente, mas fazer o que, né?), e umas 5 cuecas – quando vc ver seu namorado usando uma cueca linda, saiba que ali tem minha mãozinha também... rsrs As polos da Viv Leroá e as blusas de linha que compramos em Monte Verde, foi ele quem pagou, mas quem escolheu fui eu tb.

Fico contente por estado presente em tantos momentos especiais com minha generosidade e bom gosto, mas, já que tenho recebido ataques de vocês dois e nem o respeito e consideração por tudo o que fiz pelo Bruno e pela família dele eu consegui manter, gostaria de solicitar a gentileza de o Bruno DEVOLVER TODOS OS ITENS QUE EU CITEI ACIMA na casa da minha mãe.

Isto é, se tiver um mínimo de DECÊNCIA, DIGNIDADE e VERGONHA NA CARA, visto que até meu anel de noivado ele levou embora quando nos separamos, sem meu conhecimento e sem meu consentimento – isso tem um nome, não é mesmo? E adianto que tenho provas para comprovar o que digo.

Anônimo disse...

Adoro esse blog.
Primeiro pq a baranga q escreve eh hilária e se acha a nerd tormentadora do romance.
Segundo pq eu to rindo mais ainda imaginando a cara dela na hora do rala e rola e o ex pobretao com a cueca q a ex deu.
Continuem, por favor.

Leila Kelly de Oliveira disse...

Continuar oq? Ja tinha te ignorado, mal li seu ultimo email q vc fez questao de mandar em outro email pra garantir q eu fosse ler. Mas como vc é cansativa, li por cima. O suficiente pra rir com a minha irmã e essas suas postagens de hj so provam q vc continua me perseguindo e o qto é doente. De novo, nao sou criança igual a vc... uso todos os dias um relogio que meu ex me deu, adoro ele! Meu secador de cabelos foi meu ex da epoca da faculdade, uso ate hj, tem adoro! Tenho jóias, roupas, pijamas, tenis e mtos outros presentes de ex q eu uso, é normal. O mais legal é q eles são pessoas do bem e iluminadas e nunca me pediram de volta e olha q tem coisas bem mais caras q 300 reais. Totalmente normal se dar cuecas pro namorado/noivo/marido, eu mesma ja dei varias, a diferença é q não fui infernizar as atuais dos meus ex, pq isso é feio amiga, é pobre demais vindo de quem se afirma tao rica e superior. Mandei email no seu trabalho pq vc se sente no direito de ligar qdo deveria sumir, ja q tá sempre nos ofendendo em redes sociais. Achei o cúmulo, e nao apaguei os emails. Inclusive, estou imprimindo todos os prints e emails e abrindo um BO, pq nao aguento mais vc, preciso de uma ordem de restrição, antes q vc veja q realmente nao consegue nos perturbar com sua pobreza e tente nos machucar de outra forma.

Leila Kelly de Oliveira disse...

E suas postagens vao ficar aqui dessa vez, nem sei qtos crimes vc cometeu em um único post... a gente tem os emails, o controle de acesso do proprio google e todos os prints das suas ofensas no face. E nao adianta falar que veio postar em meu blog pq estava incomodada pq acessava seu face, se fosse alguem de bem, bloquearia. Acontece q desde q soube de mim, vc me persegue, Bruno e eu fomos alertados do q vc tava fazendo por pessoas q eram proximas a vc e tenho certeza de q ela testemunharia contra vc numa boa. Entao, chega! Vai trabalhar pq a empresa q vc está passa por uma crise horrivel no Brasil, perdeu a liderança no mercado e está com uma redução de quase 70% no faturamento, correndo o risco de descontinuar as atividades no Brasil. Deve ser pq a equipe de marketing não ta fazendo o seu trabalho, fica usando os recursos e o tempo da empresa pra importunar as pessoas e investigar as pessoas.

Leila Kelly de Oliveira disse...

E os presentes serão devolvidos. E o anel era do Bruno, ele só pegou oq era dele... vamos ver quem prova oq... vc esgotou toda minha paciencia... sua maluca.

Anônimo disse...

Três coisas:

- Primeiro, já consultei um advogado a ponto de estar informada que BO é prova unilateral, o papel aceita tudo, quero ver você provar algo que justifique. Além do mais se vc tem provas contra mim, também tenho contra vc, muitas, desde difamação pública no Facebook até e-mails em minha inbox profissional. Tenho outras coisas a requerer na justiça e você sabe bem, porque tenho um e-mail seu provando que vc está ciente.

- Segundo, QUERO OS ITENS DEVOLVIDOS NA CASA DA MINHA MÃE, não me importa se isso é bonito, se é feio, se é nobre ou pobre de espírito.

- Terceiro, não posso falar da equipe de marketing porque não trabalho mais nesse departamento há alguns anos, mas acho extremamente deselegante vc desonrar o trabalho dessas pessoas. Mais uma prova - tanto judicial, como de que vc não tem o que fazer, visto que está me perseguindo até em procurar informações sobre a empresa em que trabalho e difamá-la.

Quer entrar nessa briga? Vai ser uma briga boa. Meu conselho é que vc pare de me perseguir nos meus e-mails e me difamar no seu facebook tentando manchar minha imagem junto a pessoas que deixaram de fazer parte da minha vida, mas que me conhecem. Por mais que vc alegue que eu difamei vc em meu face, entre meus amigos não há ninguém que vc conheça ou que tenha feito parte do seu convívio e isso pra mim é um excelente argumento.

Vai viver a sua vida, PARE de me escrever e me difamar, ME ESQUEÇA DE UMA VEZ POR TODAS, porque pelo jeito vc acorda e vai dormir pensando em mim.

Beijos pra vc, querida.

Anônimo disse...

PS: NÃO, o anel não era do Bruno. Quando se pede uma pessoa em casamento, é uma prática social presenteá-la com um anel, se eu entrasse na justiça não haveria juiz que não me desse ganho de causa, ainda mais considerando que eu tenho provas que o anel foi levado sem eu saber. Isso sim é pobreza de espírito.

Leila Kelly de Oliveira disse...

Eu nao estou te perseguindo... acho q vc nao parou pra pensar na ordem cronologica das coisas. Tbm tenho tudo guardado, inclusive o email q mandei pra vc em seu email profissional. Deixa eu te refrescar a memoria:

1. Vc posta ofensas em meu blog
2. Eu mando uma msg pra vc te respondendo as ofensas deixadas a altura.
3. Vc inicia um monte de indiretas e ofensas em seu face, nao cita meu nome, mas nao contente vc vem me deixar msg em meu inbox e assume a autoria. E apenas te respondo a altura.

3. Bruno se revolta e te manda um email. Achamos q tudo tinha passado,mas vc liga e de novo me ofende e me chama de insegura.

4. Reencaminhei o email do Bruno pra te lembrar pq nao queremos contato.

5. Vc escreve pro Bruno me acusando de ter invadido o email dele e escrito oq ele escreveu.

6. Me defendo com prints provando q foi o Bruno q escreveu, vc q não quer aceitar q ele pode ser feliz sem vc.

7. Vc novamente se faz de vitima, pega meu email e nos encaminha cheio de prints de msgs e nós dois decidimos ignorar, pq sabiamos que nao adianta falar com vc e tbm pq nao ligamos pro que vc pensa.

8. Vc nao contente com o nosso desprezo manda um e-mail cheio de veneno com msgs intimas suas e do Bruno datadas de antes do nosso namoro, aí eu respondo pedindo pra que pare pq nao vai chegar a lugar algum.e começamos uma baixaria sem tamanho, pq vc insiste que eu qro essa sua vida amargurada.

9. Eu canso, te ignoro, uso meu face pra fazer piada do pouco que li do seu email e no dia seguinte vc continua me ofendendo como se eu tivesse ido atrás de vc. Sabemos q nao é verdade. Ve está obsecada por mim desde que descobriu q o Bruno ta comigo. Isso ta doentio demais.

Entao, vamos terminar essa baixaria num processo judicial.

Eu sei bem oq vc faz aí, trabalhei um uma holding em que um dos business era a revenda de caminhões scania. Tive mto contato com pessoas da scania ou ligadas a ela. Vc sabe disso, pq sabe cada passo q dei na minha vida. E qdo falei como equipe, fui ironica, me referi apenas a vc. Os dados referente a empresa estao em noticias de jornais da area econômica, vc não le? Nao,né? Vc ocupa seu tempo investigando minha vida.

Leila Kelly de Oliveira disse...

Se for por essa lógica, td q v listou q deu ao Bruno, pertencem a ele. Pergunta pro seu advogado o significado de posse e usufruto.

Leila Kelly de Oliveira disse...

Filha, é vc q está me difamando em MEU blog. Vc tem dificuldades com interpretação

Leila Kelly de Oliveira disse...

E eu realmente nao sei qdo te difamei publicamente. Se postei algo foi após algum showzinho seu. NOVAMENTE, presta atenção na ordem cronológica. E BO é o primeiro passo para pedido de ordem de restrição pra que vc pare de invadir minha vida pra me ofender e tentar tirar minha paz. O q te irrita é q tudo q vc tenta eu nao me abalo, rio ou digo q nao me importo. Pq na tua cabecinha, com seu historico de ciume doentio, vc acha q eu vou pirar e martirizar com as coisas q fala, aí vc percebe q não e vai baixando o nível. Como fez hj... nao aguentou não ter a resposta do seu email, em q a unica coisa q realmente me abalou foi o nível da sua obcessao por mim, qdo mostrei a minha irmã, ela imediatamente disse q deviamos pedir proteção a policia pq vc tá doente pela nossa vida, a ponto de analisar em como conseguimos pagar nossas contas. Desde q percebeu q eu entrava no seu face,vc posta coisas pra se aparecer superior a mim e eu ri de todas, pq como ja falei, vc nao tem absolutamente nada que atrai. E nao vou te contar o q tenho ou deixo de ter como fez comigo, não é da dua conta. Nada q postei referente minha vida particular foi pra vc, nao sou assim e posto bem pouco sobre mim no face. Vc se frustrou ao ver q nao postei nada dizendo sobre comprar ap com o Bruno, fiz um check in, em um lugar q vou desde antes de conhecer o Bruno e sua cabecinha doentia imaginou q era pra vc. Esquecendo ate de ver q por varias vezes ja enalteci o qto amo morar na Paulista,é a realização de grande sonho, de antes conhecer o Bruno. Falou q copiei seus pratos, eu nem sei q pratos tem, sei dos da minha irmã, comprados em Curitiba, e q se nao fosse tao cega, teria visto muitas outras publicações, de qdo nem conhecia o Bruno, com os msm pratos, inclusive td isso está publico em meu face pra nao gerar duvidas a vc e a mais ninguem. Eu me defender das suas acusações absurdas, principalmente da parte q qro ser vc, não é te difamar, se seu advogado nao disse isso ou vc ocultou provas ou ele não é tao bom assim, e nenhuma das duas hipoteses me assustam. Sério! Procura ajuda de uma amiga, se não tiver amiga, procura um profissional. É vc q tem q me deixar em paz... vc veio em minha pagina me ofender e se fazer de vitima. Serio! Mostre na integra todas essas mensagens q diz ter pra alguem sensato. Tenho certeza q não sou a primeira a alegar que vc é doente, qdo mais de uma pessoa fala é pq pode ser verdade. A única coisa que vc conseguiu despertar em mim até agora foi pena e um certo receio de que perca a cabeça e haja de forma violenta, só por isso a polícia precisa ser acionada pra te proteger de vc msm e pq cansei dos seus contatos, na segunda te disse isso. Meu e-mail foi pedindo pra esquecer da gente, só isso!

Leila Kelly de Oliveira disse...

E eu realmente nao sei qdo te difamei publicamente. Se postei algo foi após algum showzinho seu. NOVAMENTE, presta atenção na ordem cronológica. E BO é o primeiro passo para pedido de ordem de restrição pra que vc pare de invadir minha vida pra me ofender e tentar tirar minha paz. O q te irrita é q tudo q vc tenta eu nao me abalo, rio ou digo q nao me importo. Pq na tua cabecinha, com seu historico de ciume doentio, vc acha q eu vou pirar e martirizar com as coisas q fala, aí vc percebe q não e vai baixando o nível. Como fez hj... nao aguentou não ter a resposta do seu email, em q a unica coisa q realmente me abalou foi o nível da sua obcessao por mim, qdo mostrei a minha irmã, ela imediatamente disse q deviamos pedir proteção a policia pq vc tá doente pela nossa vida, a ponto de analisar em como conseguimos pagar nossas contas. Desde q percebeu q eu entrava no seu face,vc posta coisas pra se aparecer superior a mim e eu ri de todas, pq como ja falei, vc nao tem absolutamente nada que atrai. E nao vou te contar o q tenho ou deixo de ter como fez comigo, não é da dua conta. Nada q postei referente minha vida particular foi pra vc, nao sou assim e posto bem pouco sobre mim no face. Vc se frustrou ao ver q nao postei nada dizendo sobre comprar ap com o Bruno, fiz um check in, em um lugar q vou desde antes de conhecer o Bruno e sua cabecinha doentia imaginou q era pra vc. Esquecendo ate de ver q por varias vezes ja enalteci o qto amo morar na Paulista,é a realização de grande sonho, de antes conhecer o Bruno. Falou q copiei seus pratos, eu nem sei q pratos tem, sei dos da minha irmã, comprados em Curitiba, e q se nao fosse tao cega, teria visto muitas outras publicações, de qdo nem conhecia o Bruno, com os msm pratos, inclusive td isso está publico em meu face pra nao gerar duvidas a vc e a mais ninguem. Eu me defender das suas acusações absurdas, principalmente da parte q qro ser vc, não é te difamar, se seu advogado nao disse isso ou vc ocultou provas ou ele não é tao bom assim, e nenhuma das duas hipoteses me assustam. Sério! Procura ajuda de uma amiga, se não tiver amiga, procura um profissional. É vc q tem q me deixar em paz... vc veio em minha pagina me ofender e se fazer de vitima. Serio! Mostre na integra todas essas mensagens q diz ter pra alguem sensato. Tenho certeza q não sou a primeira a alegar que vc é doente, qdo mais de uma pessoa fala é pq pode ser verdade. A única coisa que vc conseguiu despertar em mim até agora foi pena e um certo receio de que perca a cabeça e haja de forma violenta, só por isso a polícia precisa ser acionada pra te proteger de vc msm e pq cansei dos seus contatos, na segunda te disse isso. Meu e-mail foi pedindo pra esquecer da gente, só isso!